• Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle

Dica | Decorando Janelas

05.08.2016

 

 

 

Vestir as janelas da casa se tornou um item de decoração, mas também há a necessidade de ser funcional. Os diversos adereços disponíveis para “esconder” as janelas são perfeitos para proporcionar privacidade a quem está na parte interna e regular a intensidade da luz, aquecendo no inverno e refrescando no verão, e podem e devem enquadrar-se no esquema decorativo existente.

O primeiro passo na escolha de uma decoração de janela é considerar o efeito que quer conseguir, tanto para as janelas como para o ambiente. Uma decoração bem pensada pode transformar um problema em uma obra de arte.

O espaço e a decoração já existentes são fatores fundamentais para a escolha de tudo aquilo que irá vestir sua janela. Uma sala de jantar requer tecidos requintados e luxuosos, ao contrário de um escritório, que busca a praticidade. Já a janela da cozinha pede uma opção simples e, de preferência, lavável, pois estará sempre exposta às gorduras. O banheiro entra na mesma linha de cortina ou persiana mais discreta e simples.

Devido à sua funcionalidade, a gama de materiais e cores disponíveis ganhou um papel importante na decoração. Entre os modelos existentes, cortinas ou persianas, verticais ou horizontais, de bambu ou madeira, tecido ou blackout, encontrará facilmente uma opção que se encaixará na janela do seu ambiente.

Uma das tendências é a combinação perfeita entre persianas e cortinas. A ideia é compor as duas peças de diversas formas para criar ambientes únicos, clássicos ou modernos, e elegantes..., sem deixar o funcional de lado.

O tamanho das peças é um ponto muito importante. Para dormitórios infantis, banheiros ou cozinhas, as cortinas curtas são as melhores opções. Em outros espaços da casa, como sala de estar, jantar ou suíte principal, as cortinas devem encostar no chão, ou seja, bainhas curtas não são favoráveis para deixar um ambiente moderno, e há a tendência de se deixar alguns centímetros a mais para um look irreverente.

Algumas dicas de cortinas e tecidos para cada ambiente:

 

Sala de estar:  cortinas de tecido mais leves e transparentes, como o crepe, microfibra, voile, cambraia ou seda são as opções mais usuais. As rolôs ou persianas de madeira, que conferem um ar mais moderno à sala, também são boas alternativas.

 

 

 



Varanda com fechamento: preferencialmente, uma cortina rolô de tela solar. Por ser um material apropriado e tecnicamente elaborado, reduz a incidência de luz direta e proporciona mais privacidade durante o dia.

Dormitórios: cortinas de tecido com um blecaute proporcionam aquele "escurinho" que a maioria das pessoas gosta ou até mesmo uma persiana, cortina rolô ou painel com o próprio tecido blecaute em sua composição. Para dar um charme, é válido lançar mão de pingentes e cordões, principalmente no dormitório das crianças.



Home office: persianas, cortinas rolôs, painéis, ou até mesmo a cortina romana funcionam bem.

 

 



Home theater: cortinas de tecidos mais pesados e escuros para controlar a luminosidade, como veludos, sarjas, linho, são esteticamente bonitos e funcionais.

 

Blecaute

O primeiro cuidado é verificar se existe espaço no cortineiro que caiba o blecaute e a cortina de tecido, pois o conjunto gera um volume e deve ser analisado. Depois, o cliente deve decidir o tipo de bloqueio solar que deseja, de 50% ou 100%.
O blecaute é uma boa alternativa para quem tem apartamento com sol da tarde, pois ele absorve um pouco do calor e, consequentemente, protege o tecido da cortina interna, evitando desbotar e conferindo privacidade.

 

 

 

Please reload